DESAFIOS NA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Como a tecnologia moderna está mudando os negócios

A tecnologia moderna mudou o ambiente de negócios atual de uma maneira sem precedentes. Por muitas décadas, a escala era a principal fonte de vantagem competitiva para as empresas de bens e serviços. Mas o jogo mudou.

A cultura ágil agora rivaliza com a escala como combustível para o sucesso futuro. De repente, as grandes empresas precisam aprender a equilibrar o crescimento com a velocidade para competir com uma nova geração de concorrentes menores que estão prosperando no atual ambiente e “roubando” mercado de jogadores menos ágeis.

A transição é necessária, mas não é fácil. Empresas que aprendem como tornarem mais ágeis recuperarão o momentum enquanto o resto continuará a perder considerável mercado para os rivais menores.

Os CEOs estão reconhecendo esses desafios e estão criando departamentos para inovação, contratando CDOs (Chief Digital Officer) para interromper esta queda e criando fundos internos de capital de risco (Venture Capital) para atrair e investir em parceiros. Ainda assim, implementar a verdadeira inovação e transformação digital é bem raro. A McKinsey & Company informa que 50% dos esforços de transformação digital falham. Um artigo da Forbes em 2016 foi intitulado “Por que 84% das empresas falham na transformação digital”.

REQUERIMENTOS de software PARA A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Com as atuais ferramentas de desenvolvimento de software no mercado, a transformação digital é muito trabalhosa e demanda um grau muito alto de especialização para a maioria das organizações. O desafio é comparável ao que aconteceu com o setor de telefonia há setenta anos – à medida que o volume de tráfego crescia exponencialmente, determinou-se que todos os graduandos do ensino médio teriam que se tornar operadores de telefone para atender à crescente demanda. A Tecnologia veio então para o resgate, automatizando muitas atividades. Da mesma forma, hoje, todo graduado da faculdade terá que se tornar um programador de software para apoiar o uso explosivo de novas tecnologias – a menos que própria tecnologia possa ser o “salva-vidas”.


A solução é automatizar a criação de aplicativos orientados a eventos em tempo real. Uma empresa deve especificar o que precisa ser feito apenas em um alto nível. Depois disso, o software de infra-estrutura de baixo nível e complexo (por exemplo: comunicação de rede, distribuição, backup, desempenho, disponibilidade) devem ser gerados automaticamente. Isso vai reduz drasticamente o conhecimento necessário e permitir que os aplicativos em tempo real sejam muito mais ágeis. Essa abstração necessária, em nosso entendimento, só poderá ser realizado com novas plataformas.

Nos próximos artigos iremos ver algumas opções de plataformas que trazem este conceito de abstração com baixo código e alta produtividade.

Até o próximo!

Sem comentários

Publique um comentário